Image1\
 

Patrocinadores

- Publicidade -

Contator de Visitas

4704716
Hoje
Ontem
Esta Semana
Ultima Semana
Esse Mês
Mês Passado
Todos os dias
2742
5884
17624
4644565
143932
139451
4704716
Seu IP: 54.166.172.180
Radio e TV Auxiliadora
 

Principal

MANIFESTO QUE, COMO CATÓLICO, FIZ AO ARCEBISPO DE UBERABA, DOM PAULO MENDES PEIXOTO.

Caríssimo Dom Paulo Mendes Peixoto,
DD. Arcebispo de Uberaba.

Quase nunca ouço rádio, mas nesta segunda de carnaval (12/02/2018), estando em casa, tive a oportunidade de ouvi-lo pela Rádio Sacramento e me consternar, como católico, por ouvir sua pregação sobre o “novo modelo de Igreja”, como o senhor disse: “IGREJA LIBERTADORA, que faz sua opção pelos pobres e onde é pregado o “Evangelho Popular” modelo constituído pelas CEBs, onde se reúne o Povo de Deus.
Com o devido respeito, na condição de católico, professor e estudioso da Igreja, permita-me considerar alguns pontos de sua fala.

“IGREJA LIBERTADORA”– isto não é criação de agora. O próprio Cristo, ao fundar a Igreja (Mt 16. 18-19), já o fez como porta de libertação e salvação de toda a humanidade. A criação recente (Medellin, Santo Domingo e Puebla) como protótipo socialista da “IGREJA LIBERTADORA” nada mais é do que as mãos, o cérebro e o coração da ideologia socialista/marxista ateia na Igreja da América Latina. Só não enxerga isso quem não quer ver.

“OPÇÃO PELOS POBRES” – outra falácia do clero socialista/comunista infiltrado na Igreja, especialmente na da América Latina. Essa “Opção pelos Pobres” não tirou os bispos de seus palácios, de suas mordomias e seus padres dos carros do ano e da mesa farta. Apenas desviou o olhar deles para a conveniência de tomar a miserabilidade para uso político, distorcendo a sã doutrina.

Enquanto essa igreja socialista/comunista faz “OPÇÃO PELOS POBRES”, estes, sem mais encontrar espiritualidade na Igreja Católica, fazem opção pelas seitas evangélicas. Os pastores da Santa Igreja pagarão duramente diante de Deus por isso. Só não enxerga quem não quer ver.
Enquanto essa “IGREJA LIBERTADORA” se preocupa demasiadamente com a política e com as questões sociais, inerentes ao governo, o povo católico se perde e não sabe, sequer, o que é a Eucaristia, o Santíssimo Sacramento, a “Imaculada Conceição”, o que é o batismo, o Coração Misericordioso de Jesus, enfim as verdades da fé. Só não enxerga isso quem não quer ver.

Enquanto se inventam missas com batucadas, aeróbicas, rebolados (inclusive do celebrante) com “inculturação” afro, missa boiadeira com berrantes e padres travestidos de peões, ritos umbandistas, maçônicos e outras desgraças mais, sonega-se ao povo católico a doutrina evangelizadora, aquela que leva à verdadeira libertação. Não se lembra ou se doutrina mais sobre a confissão, os sacramentos e as verdades dogmáticas. A bem da verdade, muitos nem sequer sabem o que isso significa.

E as “CEBs” que “são modelo para a nova evangelização”!!! Santo Deus, onde está o discernimento de nossos pastores? Essa facção comunista, criada com essa sigla – “CEBs”, nada mais que é uma infiltração demoníaca dentro da Igreja, que investe contra verdades cristãs, disseminando preceitos esdrúxulos e pagãos, invencionices “teológicas”, licenciosidades, irreverência ao Deus verdadeiro, incitando violência, invasões, desamor, acobertando e apoiando corruptos, disseminando cartilhas com incentivo a aborto e ideologia de gênero, desrespeitando a Igreja de Cristo. Na minha plena convicção, verdadeira obra satânica dentro da Igreja do Brasil. Só não enxergar quem não quer ver.

Os bispos presentes na 14ª reunião dessa seita em Londrina, Paraná, inclusive o senhor, TOLERARAM CALADOS a profanação continuada da missa em ritmos de batucadas e cânticos umbandistas e a leitura, bem à sua frente, de uma resolução, proclamada por um sectário, de que “CRISTO JAMAIS FUNDOU UMA IGREJA, QUE A IGREJA SURGIU NO SÉCULO II COMO FORMA DE DOMINAÇÃO DOS PODEROSOS”. E outras desgraças mais. Não vi um bispo se levantar e contradizer as profanações e ainda nos querem passar que essa facção é “modelo de Igreja”. Vade Retro!
Dessa forma, na condição de católico, venho ao senhor pedir PARA USAR SEU TEMPO DE RÁDIO E DOUTRINAR A FÉ CATÓLICA COM SEUS VALORES, SACRAMENTOS E DOGMAS. As questões sociais não podem ser desprezadas (e a Igreja tem suas obras sociais por todo o mundo), contudo, tenha-se em mente que elas são consequência da falta de Deus entre os homens.
“BUSCAI PRIMEIRO O REINO DOS CÉUS”, o resto virá por acréscimo.

Reitero ao senhor meu respeito, minhas considerações e, ao mesmo tempo, manifesto minha tristeza ao ver uma Arquidiocese como esta, de Uberaba, conhecida nacionalmente pelos problemas com seu clero (não preciso mencionar fatos), envolvida em Teologia da Libertação, fortemente repudiada por São João Paulo II e pelo Papa Bento XVI. Por favor nos doutrine nas verdades teológicas da Santa Igreja. Não precisamos de facções políticas comunistas, isso o mundo pagão e ateu já nos massifica diariamente. O Povo de Deus se perde por não conhecer a sua fé, as verdades da fé, buscam seitas onde o nome de Jesus ainda é proclamado, onde o fiel aprende que Deus é que deve ser buscado e amado antes de todas as coisas. Deixam a Igreja Santa, fundada por Cristo, porque seus pastores estão mais preocupados em lhes ensinar sobre a moeda de César, e não a parte divina que leva à verdadeira libertação.

Envio ao senhor essa manifestação honesta, dentro do espírito fraterno, filial, que deve existir, mas também me reservando o direito de compartilhar com alguns amigos que, da mesma forma como eu, se sentem magoados com a pregação incessante e massificante de questões sociais dentro da Igreja Católica, esquecida das verdades e dos dogmas que a sustentaram por 2.000 anos.
Com meus respeitos e minhas considerações. Devo dizer ainda que rezo pelo senhor e o clero de Uberaba todos os dias, diante do Santíssimo Sacramento e no quarto mistério do terço.

Atenciosamente,
Amir Salomão Jacób.
Sacramento.MG

Resposta:
Defensores da Igreja Simplesmente me respondeu assim: "OBRIGADO POR SE PREOCUPAR". Mais nada!

Fonte: Defensores da Igreja